A influência da temperatura na fabricação do lençol de borracha

postado em 28 de fevereiro de 2013

A manutenção e conservação do lençol de borracha garante maior vida útil ao produto, preservando sua qualidade e funcionalidade. Um dos fatores que influenciam no tipo do lençol é a temperatura a qual ele é submetido. 

A temperatura é definida a partir da aplicação pretendida. Variando entre -40° e 70°, a temperatura possibilita o manuseio e consequentemente moldá-lo de acordo com cada tipo de trabalho. Por exemplo, um lençol de borracha submetido a uma variação na temperatura entre -40° e 100° é classificado como neopropene. Já um lençol submetido à variação entre -60° e 200° tem por característica um aspecto de silicone. Cada característica adquirida corresponderá a uma aplicação diferente.

O lençol de borracha natural, oferecido pela Borrachas da Mooca, é submetido a uma temperatura entre -40 e 70 graus e sua principal característica é a resistência a abrasão. A aplicação deste tipo de lençol varia de acordo com o peso e sua dureza, já que possui ampla aplicação, como por exemplo, revestimento de cabines, revestimento de pisos, entre outros. É importante ressaltar que o lençol de borracha natural é bem flexível se comparado com os outros lençóis.

Para garantir que o lençol é de qualidade e atende as necessidades da sua empresa, suprindo corretamente suas aplicações, é necessário se certificar de que o produto passa por testes de qualidade e possui garantia.

A Borrachas da Mooca possui larga experiência no mercado na produção de lençol de borracha para diversas aplicações, sendo reconhecida pela qualidade e durabilidade dos seus produtos. Para conhecer mais sobre o lençol das Borrachas da Mooca, entre em contato conosco.


  • Afa Plásticos
  • Gates do Brasil
  • Vipal
  • Orion Tecnologia em Borracha

Cadastre-se e receba nossas promoções

Fale Conosco


Exibir mapa ampliado