Ciclo da Borracha ganha Museu

postado em 06 de setembro de 2012

Importante na história do Brasil, não só comercialmente, o ciclo da Borracha foi um dos momentos que mais impulsionou a economia do país, despertando o interesse do mundo na produção do látex, em diferentes contextos, que reflete no mercado atual e nos seus derivados, como o lençol de borracha.

Hoje encontrada em inúmeras atividades, direta ou indiretamente, a borracha possui milhares de utilidades e aplicações, que vai desde a indústria automobilística à guarnições.

Pensando na relevância dessa matéria-prima, oriunda da região amazônica, foi criado o Museu do Seringal Vila Paraíso, construído em 2001 (G1).

O museu fica a 25 minutos de Manaus por via fluvial e reproduz o seringal de Humaitá, recebendo centenas de pessoas mensalmente, além de disponibilizar visita guiada pelo espaço.

O museu conta com toda a contextualização da época, com móveis e objetos, assim como a presença dos principais processos para obtenção do látex.

Iniciativas como essa mostram o quanto a borracha fez e faz parte do desenvolvimento do Brasil, e como liga os dias atuais ao passado brasileiro.

A sua renovação no mercado, como o aparecimento de variações, entre elas o lençol de borracha, consolida o seu uso e oferece soluções nas empresas e indústrias. O lençol de borracha é um dos representantes na lista de facilitadores adotados nas empresas.

Com mais de 30 anos de história, a Borrachas da Mooca tem entre os seus serviços, o lençol de borracha, oferecendo o melhor do produto e qualidade.

Para conhecer mais a empresa e seus serviços, entre em contato conosco. 

  • Orion Tecnologia em Borracha
  • Gates do Brasil
  • Vipal
  • Afa Plásticos

Cadastre-se e receba nossas promoções

Fale Conosco


Exibir mapa ampliado